Varizes

O que são e como aparecem

Nos membros inferiores as veias tem um sistema de válvulas unidirecionais que abrem no sentido do coração. Se este sistema valvular se torna inoperante as válvulas começam a funcionar inadequadamente, favorecendo a não contensão da coluna sanguínea e criando refluxo sanguíneo.

Esse refluxo sobrecarrega a coluna sanguínea venosa, dilatando a veia.

Para evitar o seu agravamento, esta protege-se tornando-se sinuosa e diminuindo assim a pressão sobre o vaso e o retorno venoso.



População alvo

Calcula-se que 1/5 da população tenha varizes, com maior incidência no sexo feminino.



Causas

As principais causas são a heriditariadade, obesidade, gravidez, tabagismo, sedentarismo e consumo de anticoncepcionais.



Mecanismo de retorno venoso

Alguns mecanismos favorecem o retorno do sangue dos membros inferiores ao coração, sendo os mais importantes, a chamada palmilha venosa de Lejars, que funciona como uma bomba plantar impulsionando o sangue através do impacto sofrido pelos pés ao pisarem o chão e a bomba muscular dos gémeos que atua de forma semelhante a um coração toda vez que é contraída. Daqui advem a importância da atividade física no combate à formação de varizes.

A massagem e a vertente de drenagem linfática são também eficazes no alívio e na prevenção uma vez que ajudam a circulação sanguínea a retornar ao coração e estimulam paralelamente a corrente linfática.

É importante referir que estes métodos não são curativos mas, antes do aparecimento, são eficazes na prevenção e uma vez existindo varizes são um forte paliativo.



Tratamentos Preventivos

Alguns tratamentos alternativos não precisam de intervenção cirúrgica e contribuem para o alívio e melhoria do aspeto estético.

De qualquer forma, lembre-se que este texto é apenas informativo e como tal deve recorrer sempre ao seu médico, antes de se automedicar!

  • Flebo fármacos
  • Substâncias que atuam principalmente a nível da microcirculação melhorando os sintomas da insuficiência venosa crônica. É de vital importância que sejam indicadas por um médico.

  • Meias elásticas
  • As meias elásticas de compressão graduada são indicadas em todos os estádios da insuficiência venosa crônica e na prevenção das varizes da gravidez. Atuam evitando a estase venosa (diminuição da velocidade ou eventual estagnação da circulação) das varizes e melhoram o retorno venoso durante a caminhada. Não é recomendável usá-las sem indicação médica.



Tratamentos preventivos naturais

  • Massagem
  • A aplicação da massagem deve ter um objetivo essencialmente relaxante.

    É muito benéfico depois do banho, pois ajuda a melhorar a circulação e a eliminar toxinas.

    Deve começar pelos pés e ir subindo pouco a pouco, no sentido da circulação venosa do sangue.

    A massagem aumenta a temperatura da pele 2 ou 3 º C e ativa a circulação do sangre porque ao atuar sobre as veias produz uma ação de pressão e de esvaziamento das paredes venosas.

    O efeito dá-se tanto a nível das veias superficiais como das profundas, dependendo da intensidade da massagem.

    A massagem deve ser realizado apenas por pessoal profissional certificado

  • Exercício físico
  • Para aliviar os incômodos e melhorar a circulação recomenda-se a caminhada e o passeio.

    A natação e andar de bicicleta também se recomendam, pois a atividade muscular das pernas é o melhor motor para impulsionar o sangue até o coração.

  • Hidroterapia
  • Com este nome se designam de maneira geral diversos métodos terapêuticos consistentes na aplicação externa de água ao corpo mediante procedimentos muito variados, como os banhos ou duches alternados, tanto quentes como frias, hidromassagens, banhos de assento ou banho de pés.

    A hidroterapia favorece uma boa circulação sanguínea e estimula o sistema imunológico.

  • Dieta
  • Deverá ser equilibrada e rica em fibras.

    Como regra geral deve controlar-se o abuso de sal, conservas, embutidos e gorduras saturadas (manteiga, nata, toucinho, confeitaria industrial e pré-cozidos) e aumentar o consumo de frutas e verduras.

    Uma alimentação com um alto conteúdo em vitamina B, presente em cereais integrais e gérmen de trigo, e livre de gordura animais, ajuda a prevenir os problemas circulatórios.

    É recomendável não fumar nem beber álcool.

  • Elevar as pernas
  • Elevar as pernas sempre que possível para drenar o sangue estagnado, já que as varizes não são mais que veias debilitadas que já não tem a força necessária para devolver o sangue ao coração.

    Elevar as pernas alguns minutos por dia, apoiando os pés, por exemplo, numa mesa ou cadeira, mantendo-as a um nível superior à bacia mas de forma equilibrada.

    Também se pode deitar e colocar almofadas debaixo dos pés.



Mitos sobre varizes

  • Depilações com cera quente provocam varizes
  • Não é verdade. O calor da cera provoca dilatações vasculares transitórias, apenas quando sob ação direta do calor. Uma vez eliminado o contato com o calor, desfaz-se todo o efeito.

  • Sauna quente (seca ou húmida) provoca varizes
  • Não. Também não é verdade pelos motivos acima descritos.

  • Musculação ou exercícios aeróbicos provocam varizes
  • Em geral, não. No entanto, podem acarretar malefícios se os esforços forem demasiado intensos, ou os exercícios aeróbicos com grande nível de impacto.

  • Subir escadas provoca varizes
  • Não é verdade, mesmo em situações de frequência e intensidades maiores. O exercício determinado pelo ato de subir escadas é até benéfico, pelo movimento de flexão e extensão amplo que realizam nesta atividade.

  • O desporto provoca varizes
  • Não, pelo contrário. Todo o exercício físico é benéfico às varizes. Deve usar calçado confortável e com alta capacidade na absorção do impacto. O exercício, a musculação, as caminhadas, os exercícios aeróbicos são benéficos.

  • As varizes são hereditárias
  • Sim. É muito frequente a presença de varizes em descendentes. O fator genético transmite-se principalmente em relação à fragilidade da parede das veias.

  • Saltos altos provocam varizes
  • Sim, quando o uso é assíduo e diário. O salto alto modifica toda a dinâmica do tornozelo, limitando a flexão e extensão do pé, diminuindo a ação muscular dos músculos dos gémeos, diminuindo a função importantíssima da bomba muscular (coração venoso periférico), fundamental no retorno venoso do membro inferior.

  • Depois de operadas, as varizes retornam
  • Não é verdade. O que poderá ocorrer após uma cirurgia de varizes é a dilatação de outras veias que não eram dilatadas, previamente. A cirurgia de varizes quando realizada com sucesso, as veias dilatadas (varicosas) são retiradas.

  • Cremes, massagens, medicações, podem curar as varizes
  • Não. É impossível eliminarmos dilatações venosas varicosas com tais terapêuticas. Os cremes, as meias elásticas, as massagens e medicações aliviam sintomas e previnem o seu aparecimento, mas não as eliminam.

  • Alimentação desregrada provoca varizes
  • Não diretamente. O desregramento alimentar pode determinar um aumento do peso e isso ser prejudicial, afetando a circulação periférica venosa. O excesso de peso determina o surgimento de varizes e prejudica ainda mais quando elas já existem.

  • São mais frequentes no sexo feminino
  • Sim. Por múltiplos fatores: hormonal, uso de anticoncecional, gestações, uso de sapatos de salto alto.

  • A gravidez provoca varizes
  • Sim. O aumento do volume abdominal, a ação hormonal própria da gestação, o aumento do peso, etc., predispõe ao aparecimento de varizes e agrava as já existentes.

  • As varizes provocam tromboses venosasr
  • Sim. A presença de varizes determina um fluxo sanguíneo venoso mais lento predispondo à formação de coágulos não só nas veias superficiais, mas também nas veias profundas.

  • As viagens prolongadas, principalmente de avião são prejudiciais às varizes
  • Sim. A imobilidade prolongada, a alteração gravitacional das viagens de avião agravam a estase venosa e pioram o retorno venoso, podendo agravar as varizes ou originar a instalação de trombos nos trajetos varicosos, favorecendo as flebites e as tromboflebites.

  • O tabagismo piora ou determina o aparecimento de varizes
  • Sim. O tabagismo é prejudicial à circulação arterial, propiciando uma reação em cadeia que leva ao aparecimento de varizes.